Lunes, 18 Diciembre, 2017

Santos, Grêmio e Botafogo seguem na disputa — Libertadores

Lateral Jonathan diz que a vitória sobre o Palmeiras aumenta a confiança do Atlético-PR na Libertadores Santos e Atlético-PR duelam pelas oitavas da Libertadores
Montrelle Montesinos | 12 Agosto, 2017, 23:11

O Botafogo recebe o Nacional do Uruguai no Engenhão e joga com a vantagem de ter vencido o primeiro confronto por 1 a 0.

O bom desempenho do Atlético diante do Santos teve o reconhecimento do exigente torcedor rubro-negro, que compareceu em grande número na Vila Belmiro. Como havia vencido por 3 a 2 o primeiro duelo, o Peixe se classificou para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, nas quartas de final. Vanderlei não deu a mínima por estar fora da lista de Tite para a Seleção Brasileira e mostrou que está mais motivado do que nunca. Bruno Henrique marcou o gol santista.

Com o resultado, o Santos segue firme e forte na Libertadores. Mesmo com o 1 a 0 para o Alvinegro no placar, de maneira inacreditável, o arqueiro se manteve o herói do time. A bola passou por cima do gol de Weverton. Aos 37', o Santos quase ampliou.

O Santos encara o Atlético/PR, hoje à noite pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Vanderlei acredita que a chave para o Santos seguir na Libertadores é conseguir se impor como visitante. O problema, para Levir Culpi, foi que o Furacão amassou os donos da casa, sufocou a saída de bola e não deixou o Peixe respirar. A equipe paranaense teve toda a iniciativa, desperdiçou várias chances de gol e retornará para casa de mãos vazias. Nikão aproveitou cruzamento na área, dominou e colocou na área novamente, Jonathan finalizou de primeira e mandou na trave. A estreia no segundo turno será na segunda-feira, às 20 horas, no Pacaembu, em São Paulo, contra o Fluminense. Lucas Lima puxou rápido contra-ataque e tocou para Ricardo Oliveira. Em cima da linha, Lucas Veríssimo se jogou e tirou de peito o gol certo do Atlético-PR.

Atlético-PR - Weverton; Jonathan, Paulo André, ThiagoHeleno e Fabrício;Rossetto, Lucho González, Guilherme, Nikão e Sidcley (Pablo); e Ribamar (Ederson).

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes, aos 34'/2ºT), Yuri (Jean Mota, no intervalo) e Lucas Lima; Copete (Thiago Ribeiro, aos 39'/2ºT), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.